O biofeedback é uma técnica em que as respostas biológicas são monitoradas através de sensores e treinadas para se autorregularem, restaurando o equilíbrio corpo e mente. O treinamento com biofeedback é um poderoso processo terapêutico para gerenciamento de sintomas de desordens orgânicas ou relacionadas ao estresse, assim como para melhora cognitiva.


Como podemos manter o cérebro saudável?

Através de uma educação cerebral. Se a educação é fundamental na formação, desenvolvimento do homem, então por que não criar uma educação cerebral desde a pré-escola, como já temos a educação física? Se a educação física é obrigatória e a maioria concorda com a sua importância, em manter o corpo ativo e de desenvolver habilidades motoras, então por que não podemos criar uma disciplina, matéria a ser implementada desde a pré-escola a fim de manter o cérebro ativo e desenvolver novas habilidades mentais?


Como seria a disciplina, matéria de educação cerebral desde a pré-escola?

Se o educador físico e o educador cerebral trabalhassem juntos desde a pré-escola, acredito que diminuiriam drasticamente problemas de obesidade, hipertensão, depressão, estresse entre outros.


Mas quem poderia ser o profissional capacitado a ministrar a educação cerebral?

O psicólogo? O psiquiatra? O neurologista? Considerando o sistema educacional adotado pelas escolas: Piagetiana, Vygostkiana, Montessoriana, entre outros modelos, podemos dizer que são autores, pensadores frequentemente adotados, seguidos pela ciência psicológica e pedagógica.


Seria o psicólogo o Educador Cerebral?

Por que não criar uma nova área de formação no curso de psicologia: a Educação Cerebral? Ou em futuro próximo, criar um curso de Graduação em Educação Cerebral?

Invista no seu futuro