NOTÍCIAS

Refrigerantes Poderiam Estimular Agressão e Problemas de Atenção em Crianças?

Um novo estudo encontrou uma ligação entre o consumo de refrigerantes e agressividade, problemas de atenção e comportamento de abstinência em crianças pequenas.

Os pesquisadores descobriram que crianças de 5 anos de idade que bebiam quatro ou mais refrigerantes por dia eram duas vezes mais propensas a destruir as coisas que pertencem aos outros, entrar em brigas e fisicamente atacar pessoas.

Elas também tiveram aumentados os problemas de atenção e comportamento de abstinência em comparação a crianças que não consomem refrigerantes, de acordo com o estudo, que está previsto para ser publicado na The JournalofPediatrics.

Shakira Suglia, Sc.D., e seus colegas da Escola de Saúde Pública Mailman da Universidade de Columbia, Universidade de Vermont, e da Harvard SchoolofPublic Health avaliou cerca de 3.000 crianças de 5 anos de idade matriculadas no Estudo de Famílias Frágeis e Bem-Estar Infantil, que segue pares de mãe-filho de 20 grandes cidades dos Estados Unidos.

As mães relataram o consumo de refrigerantes de seu filho e completaram a Lista do Comportamento Infantil com base no comportamento de seus filhos durante os dois meses anteriores.

Os pesquisadores descobriram que 43% das crianças consumiram pelo menos um refrigerante por dia, enquanto 4% consumiram quatro ou mais porções.

Mesmo após o ajuste para fatores sociodemográficos, depressão materna, violência por parceiro íntimo, e encarceramento paternal, qualquer consumo de refrigerantes foi associado com o aumento do comportamento agressivo, de acordo com os pesquisadores.

No entanto, os pesquisadores não adaptaram todos os possíveis fatores explicativos, como a dieta, outra história familiar de saúde mental, e tal. Os pesquisadores não podem descartar a possibilidade de que um fator que não examinaram ou estudaram – ou uma combinação específica de fatores – oferecem uma melhor explicação para o comportamento observado.

“Descobrimos que a pontuação de comportamento agressivo da criança aumenta com cada aumento de porção de refrigerantes por dia”, disse Suglia.

Embora este estudo não possa identificar a natureza exata da associação entre o consumo de refrigerantes e problemas de comportamento, limitar ou eliminar refrigerantes pode reduzir problemas de comportamento, concluíram os pesquisadores.

http://bit.ly/1oh4w5F

Parceiros:















© Copyright 2013 | Todos os direitos reservados | Instituto Neurológico de São Paulo
Cadastre seu nome e e-mail para receber informações